INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL: DINÂMICAS DE MERCADO E (RE)PRODUÇÃO DO ESPAÇO URBANO DE SANTA CRUZ DO SUL/ RS - BRASIL

Jordana Margareth Reis, Erica Karnopp, Rosí Cristina Espíndola da Silveira

Resumo


O artigo objetiva analisar como se apresenta a (re)produção do espaço urbano do Município de Santa Cruz do Sul/ RS no período 2006-2015, sobretudo em relação aos loteamentos e condomínios horizontais na periferia urbana. Como método de coleta e sistematização de dados, realizou-se levantamento de dados primários na Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Sul, coleta de dados secundários junto aos órgãos competentes e entrevistas semiestruturadas com os agentes sociais envolvidos. A análise dos dados teve como base o referencial teórico-metodológico, amparado pela dialética. Entre os resultados, observou-se que o mercado imobiliário do município se caracteriza pelo predomínio de construtoras locais, sendo diretamente influenciado pela conjuntura econômica e pelas políticas em nível nacional. O fato de ter experimentado um incremento na movimentação entre 2006-2015 converge para a sua condição de cidade média e polo regional, tendo possibilitado a execução de distintos tipos de empreendimentos imobiliários não apenas no espaço urbano já consolidado, como também a expansão para a periferia urbana. Dessa forma, pode-se concluir que a (re)produção do espaço urbano do município está estreitamente relacionada às dinâmicas do mercado imobiliário e pela reprodução do capital.

Palavras-chave


Construção civil. Espaço urbano. Periferia urbana.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X

RBGDR está indexada em: